Curral de porcos

Corralito foi uma expressão utilizada na Argentina para descrever o climax da crise financeira vivido no final de 2001, quando todos os depósitos bancários foram congelados durante um ano. A situação foi traumática e no fim de tal política as famílias viram as suas poupanças monetárias reduzir para 1 quarto do montante inicial. Impedir o desaparecimento do sector bancário argentino foi o argumento utilizado na altura para defender essa medida. É importante que se perceba que o que aconteceu à Argentina em 2001 foi efectivamente um abandono do dólar americano para um peso argentino liberalizado. Precisamente aquilo que alguns defendem hoje em dia para Portugal – sair do euro, adoptar o escudo -, acrescentando que tal transição não teria graves perdas adicionais (por exemplo o João Pinto e Castro aqui ou aqui).

Para percebermos o conjunto de acontecimentos que precedeu tal tragédia incluí abaixo um gráfico com a evolução do PIB da Argentina, bem como de uma cronologia para a crise. Com pouca imaginação conseguimos traçar paralelos para a Grécia ou mesmo Portugal. Claro que no nosso caso, o corralito passaria a curral de porcos.

Image(clicar na imagem para aumentar; retirado de Wright e Sandleris, 2011)

Tradução por ordem da esquerda para a direita:
– Adopção do sistema de conversão
– Crise Mexicana
– Crise Asiática; FMI negoceia programa “precautório” com a Argentina
– aviso do FMI sobre falência da Argentina
– FMI ameaça suspender programa
– Bancarrota na Rússia
– Desvalorização no Brasil
– Reformas fiscais de Machinea
– Vice presidente Alvarez demite-se
– Aprovação de programa de 14 bi de usd do FMI
– Machinea – Lopez Murphy – Cavallo
– Troca de obrigações
– Aprovação de programa de 8 bi de usd do FMI
– Restruturação de dívida
– Corralito
– FMI cancela pagamento de 1.24 bi de usd
– Protestos; Cavallo e Rua demitem-se
– Declaração unilateral de bancarrota
– Suspensão de convertabilidade
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Economia com as etiquetas , . ligação permanente.

Comentar...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s